Quarta pesquisa sobre a realidade da juventude espanhola, publicada pela Fundação SM

Jovens espanhóis 94

Autores: Javier Elzo, Francisco Andrés Orizo, Pedro González Blasco y Ana Irene del Valle.

*O link será aberto em uma nova aba do seu navegador

Jovens espanhóis 94 (Jóvenes españoles 94, título original) faz parte da longa série de estudos que a Fundação Santa Maria vem realizando sobre a juventude espanhola. Essa pesquisa, realizada com extremo rigor estatístico e sociólogo, pretende ir mais além da mera descrição e segue um fio condutor que lhe brinda uma unidade própria. O objetivo central consistiu em adentrar na construção da identidade social e pessoal dos jovens espanhóis.

O uso das imagens dos jovens é sobretudo por um interesse comercial

Jóvenes Españoles 94
Jovens espanhóis 94

Os jovens dos anos 90 se mostram especialmente sensíveis à afetividade e à segurança emocional

Jóvenes Españoles 94
Jovens espanhóis 94

Os jovens estão se acostumando a viver na corda bamba e pode ser que comecem a assumir esse sentimento como um elemento do seu futuro

Jóvenes Españoles 94
Jovens espanhóis 94
Após quatro capítulos, nos quais diferentes âmbitos que afetam a construção da identidade juvenil são abordados (vida cotidiana, integração na sociedade, a problemática do desemprego, o consumismo, as experiências vitais, a família, o mundo dos valores e a leitura do que é religioso etc.), se apresenta um ensaio tipológico em seis grupos de jovens. Embora esses grupos tornam mais complexa a apreensão da realidade juvenil, dão mais e melhor conta da mesma. Uma das principais conclusões que o informe brinda é precisamente a grande riqueza de modos de ser e se tornar dos jovens espanhóis.