Millennials na América Latina e no Caribe<br><br><br>: Trabalhar ou Estudar?

Millennials na América Latina e no Caribe


: Trabalhar ou Estudar?

O que está por trás das decisões educacionais e profissionais dos jovens da região? E quais políticas podem ajudá-los a entrar com sucesso no mercado de trabalho? Responder a essas duas grandes questões é o principal objetivo da pesquisa Millennials na América Latina e no Caribe: Trabalhar ou Estudar?, publicada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID.

A aprendizagem-serviço. Sucesso acadêmico e compromisso social

A aprendizagem-serviço. Sucesso acadêmico e compromisso social

Os debates atuais sobre inovação e qualidade na educação não giram exclusivamente entorno às habilidades (básicas, cívicas ou tecnológicas) que os jovens deveriam adquirir para alcançarem um desenvolvimento pleno nas sociedades nas quais vivem, mas também (e cada vez com maior força) entorno ao sentido que eles dão à escola, ao pro-cesso de aprendizagem e ao conteúdo curricular.

Percepções sobre jovens que não trabalham nem estudam

Percepções sobre jovens que não trabalham nem estudam

O Instituto Nacional de la Juventud de Chile – INJUV (órgão público responsável por colaborar com o Poder Executivo no desenvolvimento, planejamento e coordenação das políticas de juventude do país) publica sondagens, de maneira periódica, que buscam conhecer a opinião dos jovens diante de um tema concreto (avaliação de líderes, bullying em centros escolares etc.).