Millennials na América Latina e no Caribe<br><br><br>: Trabalhar ou Estudar?

Millennials na América Latina e no Caribe


: Trabalhar ou Estudar?

O que está por trás das decisões educacionais e profissionais dos jovens da região? E quais políticas podem ajudá-los a entrar com sucesso no mercado de trabalho? Responder a essas duas grandes questões é o principal objetivo da pesquisa Millennials na América Latina e no Caribe: Trabalhar ou Estudar?, publicada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID.

Vícios digitais (parte I): A internet e as apostas on-line

Vícios digitais (parte I): A internet e as apostas on-line

Os especialistas em juventude não param de comprovar o que nossos olhos veem: com pouquíssimas exceções, os dados mostram que o consumo de substâncias viciantes pelos jovens nos países desenvolvidos continua caindo, incluindo aquela que tem a maior aceitação cultural e a maior penetração no mundo jovem, o álcool. Há muito que comemorar, ninguém duvida disso. Esses números são, em grande parte, resultado de esforços realizados por numerosos coletivos e instituições nacionais e internacionais, que visam o estudo, a prevenção e o tratamento [da dependência] dessas substâncias.

Projeto TRANSGANG<br><br><br>

Projeto TRANSGANG


O objetivo do Projeto TRANSGANG é desenvolver um novo enfoque transnacional, intergeracional e transmidiático para analisar as gangues juvenis do século XXI e elaborar um livro branco sobre boas práticas para as políticas públicas. Liderado pelo antropólogo social Carles Feixa, o projeto é financiado pelo European Research Council (ERC), sob o Horizonte 2020 da União Europeia.

A condição juvenil diante das contradições culturais do capitalismo

A condição juvenil diante das contradições culturais do capitalismo

O século 21 começa da mesma forma que o século 20 termina, cheio de contradições e ambivalências nos diferentes aspectos socioeconômicos, culturais e pessoais. A globalização econômica está gerando uma crescente desigualdade, que impulsiona novos populismos no mundo todo. Algumas correntes falam do fim do neoliberalismo, motivado pela resposta insatisfatória dada pelo mercado aos grandes