Por que um Observatório da Juventude na Iberoamérica?

OObservatório da Juventude na Iberoamérica (OJI) é um programa da Fundaçao SM para fomentar a pesquisa sobre juventude, educação e cultura na região. Acreditamos que a pesquisa social é uma ferramenta de grande dimensão para ajudar na tomada de decisões e melhoria das condições sociais existentes.
AFundaçao SM conta com uma trajetória de mais de 30 anos na realização de informes e pesquisas sociais orientadas para a melhor compreensão da realidade, do entorno e da visão juvenil. Entendemos que os jovens representam um importante ativo social para configurar o futuro da Iberoamérica.
Últimos posts
De Tyler Durden até Deadpool: o sociopata como modelo de cultura juvenil

De Tyler Durden até Deadpool: o sociopata como modelo de cultura juvenil

Se você está lendo este aviso, então isto é para você. Cada palavra lida deste texto inútil é um segundo perdido da sua vida. Você não tem mais nada para fazer? A sua vida é tão vazia que você não consegue vivê-la melhor?

Juventude, empreendimento e educação
Juventude, empreendimento e educação

A revista...

Leer más
O que você quer fazer da vida?
O que você quer fazer da vida?

Com este título...

Leer más
“Os jovens devem contar o seu próprio conto”
“Os jovens devem contar o seu próprio conto”

Em uma...

Leer más

Nossos estudos

A Fundação SM tem mais de 30 anos de experiência em pesquisa sobre a juventude. Esta experiência foi cobrada em uma série de estudos que agora damos ao público interessado em compreender a juventude em suas múltiplas dimensões.

Jóvenes, estudios sobre la juventud en iberoamérica
Jovens espanhóis 2010
Jóvenes 2005 Fundación SM Estudios sobre Juventud observatorio de la Juventud
Jovens espanhóis 2005
Jóvenes, estudios sobre la juventud en iberoamérica
Jovens 99
Jóvenes, estudios sobre la juventud en iberoaméricaJóvenes, estudios sobre la juventud en iberoamérica
Jovens espanhóis 94

Ser jovem se constrói de acordo com o contexto histórico em que vivemos

Jóvenes Españoles 99
Ser jovem

Nunca uma geração foi tão autônoma, com um horizonte menos pré-determinado e mais aberto. Esta é a sua vantagem e o seu risco

Jóvenes Españoles 99
Nunca uma geração

O emprego do tempo livre se converte em um espaço central nas vidas dos jovens, podendo ser qualificado como forma de expressão cultural própria

 

O uso do tempo

Inscrever-se o Observatório

Você não deve perder o próximo post